Equador confirma 60 mortes e 1.175 casos por gripe A

Quito, 29 set (EFE).- O Ministério da Saúde do Equador informou hoje que a gripe A infectou 1.

EFE |

175 pessoas e matou 60 delas no país.

Segundo o site do ministério, a maioria dos casos confirmados por laboratório se concentra nas províncias de Guayas (337) e Pichincha (286).

A doença também fez várias vítimas nas regiões de Loja (sul/117 casos), Manabí (oeste/69), Azuai (sul/60), Chimborazo (centro/48) e Oro (sul/46). Nas outras províncias, a incidência da nova gripe é bem menor.

O Ministério da Saúde destacou que as crianças de 1 a 9 anos, os adolescentes entre 10 a 14 anos e os jovens de 15 a 29 anos representam 75,5% dos infectados.

Segundo o último balanço, fechado na quinta-feira passada, o vírus causador da doença (AH1N1) está presente nas 25 províncias do país, inclusive nas ilhas Galápagos, onde 19 casos foram confirmados.

O relatório acrescenta que, das 60 mortes, 19 ocorreram em Pichincha e 11, em Guayas.

Também foram registradas mortes em Loja (7), Chimborazo (4), Oro (4), Manabí (4), Tungurahua (3), Azuai (3), Cotopaxi (1), Los Rios (1), Zamora Chinchipe (1), Imbabura (1) e Galápagos (1). EFE sm/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG