Equador confirma 4 novos casos da gripe em cidade portuária

Quito, 27 mai (EFE).- O Ministério da Saúde Pública do Equador informou hoje que foram comprovados outros quatro casos da gripe suína na cidade portuária de Guayaquil, com o que aumentou para 32 o número de pessoas contagiadas com o vírus AH1N1 no país.

EFE |

Em comunicado, o ministério explica que os quatro novos doentes são um menor, um dominicano que já se encontrava em observação e dois adultos, diretamente vinculados com os casos registrados anteriormente.

Dos 32 casos confirmados da doença, 31 foram registrados em Guayaquil, onde também foi reportado o primeiro caso em um menor que tinha viajado recentemente aos Estados Unidos, e um caso em Quito, o de um adulto que também provinha do exterior do país.

A maior parte dos doentes são menores que tiveram contatos secundários com parentes, colegas de colégio e amigos dos primeiros casos registrados, por isso que o ministério informou na terça que "a maioria" já se encontrava em isolamento domiciliar e sob acompanhamento das brigadas de controle epidemiológico.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE ic/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG