Equador, Chile e Venezuela criarão empresas mistas para explorar gás

Quito, 12 set (EFE) - As companhias estatais Petroecuador, Petróleos de Venezuela S/A (PDVSA) e Empresa Nacional de Petróleo (Enap) do Chile assinarão na próxima semana a constituição de empresas de economia mista para explorar gás no Golfo de Guayaquil.

EFE |

O Ministério de Minas e Petróleos do Equador informou hoje em comunicado que a constituição das empresas de economia mista será assinada na terça-feira na cidade litorânea de Guayaquil (sudoeste).

Do ato participarão o chefe de Estado do Equador, Rafael Correa, e seu ministro de Minas e Petróleos, Galo Chiriboga.

Também assistirá o titular de Energia e Petróleo da Venezuela e presidente da PDVSA, Rafael Ramírez, e o ministro de Mineração do Chile, Santiago González.

A prospecção de gás no Bloco 4, de 300 mil hectares de extensão, estará a cargo de uma empresa de economia mista constituída por Petroecuador e PDVSA.

Já a exploração do Bloco 40, que tem uma extensão de 400 mil hectares, será feita por de uma empresa constituída por Petroecuador e Enap do Chile.

Chiriboga afirmou, segundo o comunicado, que a constituição de empresas de economia mista entre Petroecuador, PDVSA e Enap é uma mostra da integração energética efetiva entre os países da América Latina. EFE sm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG