Equador celebra bicentenário da independência com parada militar em Quito

O Equador comemorou neste domingo o bicentenário de sua independência com uma parada militar em Quito liderada pelo presidente reeleito Rafael Correa, um dia antes de sua posse para governar por um novo mandato de quatro anos.

AFP |

As Forças Armadas prestaram homenagens ao mandatário e ao ministro da Defesa, Javier Ponce, antes de desfilar ao longo de uma avenida no norte da capital.

Os militares exibiram as diferentes armas de combate e equipamentos, assim como tanques de guerra e blindados de transporte.

O Equador intensificou sua modernização militar devido à violação de sua soberania por parte da Colômbia, que lançou um ataque contra um acampamento clandestino da guerrilha das Farc em território equatoriano em março de 2008, o que comprometeu as relações diplomáticas entre ambos os países.

O Equador comemora no dia 10 de agosto os 200 anos de independência, mas a celebração cívico-militar foi antecipada porque Correa tomará posse na segunda-feira após ter sido reeleito nas eleições gerais realizadas em abril.

str/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG