Epidemia de cólera deixa 94 mortos em Camarões

"As pessoas não respeitam as normas de higiene", disse delegada regional de Saúde

AFP |

A epidemia de cólera declarada em maio na região do Extremo Norte de Camarões causou a morte de 94 pessoas, segundo um novo registro apresentado neste sábado à AFP por fontes médicas.

A epidemia se propaga apesar dos esforços dos poderes públicos, sobretudo, porque "as pessoas não respeitam as normas de higiene", considerou Rebecca Djao, delegada regional de Saúde para o Extremo Norte do país africano.

    Leia tudo sobre: cóleraáfricacamarões

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG