Envio de reforços ao Afeganistão fica para próximo presidente dos EUA

O próximo presidente americano será o responsável por decidir sobre o envio de reforços ao Afeganistão, declarou o porta-voz do Pentágono, Geoff Morrell, nesta quarta-feira, enquanto os recursos militares dos Estados Unidos ainda se concentram, principalmente, no Iraque.

AFP |

"Esse governo (do presidente George W. Bush) permanece concentrado na vitória no Iraque, é a guerra na qual focamos, é a guerra que estamos ganhando", afirmou Morrell, em entrevista coletiva.

"Os dirigentes trabalham para determinar se podem satisfazer, o mais rápido possível, as demandas dos comandantes" no Afeganistão, que reivindicam três brigadas adicionais de cerca de 10.000 homens, comentou.

"Esse país se comprometeu a fornecer tropas adicionais para o Afeganistão no próximo ano, mas será o próximo governo que irá decidir se serão três brigadas adicionais", acrescentou.

Essas declarações foram dadas por ocasião de uma reunião prevista para hoje entre o presidente Bush, o secretário da Defesa, Robert Gates, e as autoridades militares americanas, na qual deverão analisar a situação no Iraque e no Afeganistão.

dab/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG