Enviados especiais dos EUA chegam à Síria

Damasco, 7 mai (EFE).- Dois enviados especiais dos Estados Unidos, Jeffrey Feltman e Daniel Shapiro, chegaram hoje a Damasco, em sua segunda visita a esta capital em dois meses, informaram fontes oficiais.

EFE |

Feltman, secretário de Estado adjunto dos EUA para o Oriente Médio, e Shapiro, diretor para o Oriente Médio do Conselho de Segurança Nacional, devem se reunir nesta capital com o ministro de Assuntos Exteriores sírio, Walid al-Moualem.

Fontes diplomáticas ocidentais disseram à Agência Efe que, em suas conversas, os dois altos funcionários americanos analisarão com a Síria como proteger a fronteira com o Iraque para evitar o contrabando de armas.

Também devem estudar como relançar o diálogo indireto que Damasco mantinha com Israel.

O Governo sírio suspendeu estes contatos com Israel, que começaram há um ano com mediação turca, em protesto contra o ataque israelense à Faixa de Gaza, entre 27 de dezembro e 18 de janeiro, e que matou 1,4 mil palestinos.

Os dois enviados dos EUA estiveram em Damasco em 7 de março, no primeiro contato de alto nível entre os dois Governos nos últimos quatro anos, após a visita feita em janeiro de 2005 pelo então subsecretário de Estado Richard L. Armitage.

Naquela ocasião, Feltman e Shapiro se reuniram durante quatro horas com Moualem, em uma tentativa de recuperar uma relação que estava bloqueada por vários motivos.

Em 27 de fevereiro, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou que os EUA desenvolverão uma aproximação "sustentada e guiada por princípios" com todos os países no Oriente Médio, "incluindo Irã e Síria". EFE gb-ag/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG