Enviados do dalai lama viajam à China para nova rodada de conversas

Nova Délhi, 30 out (EFE).- Os enviados Lodi Gyaltsen Gyari e Kelsang Gyaltsen, encarregados do dalai lama nas conversas com a China, chegarão hoje a Pequim para participar da oitava rodada de diálogo com representantes do Governo chinês, informou o Governo tibetano no exílio.

EFE |

Segundo um comunicado, Gyari e Gyaltsen, que já participaram dos sete anteriores processos de diálogo, viajam acompanhados de três assistentes.

Os enviados do líder espiritual tibetano devem ficar na capital chinesa por uma semana, segundo a nota divulgada através do site do Executivo tibetano.

Recentemente, o Parlamento tibetano, exilado na cidade indiana de Dharamsala, convocou uma sessão especial a pedido do dalai lama para discutir o futuro do movimento tibetano.

A última sessão deste tipo realizada pelo Parlamento ocorreu em 1959, ano no qual o dalai lama se refugiou na Índia.

Em março deste ano, os enviados do dalai lama e representantes do Governo chinês decidiram retomar o diálogo que tinha ficado interrompido em julho de 2007.

Desde 2002, as sete rodadas de conversas que emissários tibetanos mantiveram com Pequim terminaram sem avanços significativos. EFE jrc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG