Enviado dos EUA se encontra nesta quarta com Netanyahu

Jerusalém, 5 mai (EFE).- O enviado especial da Casa Branca para o Oriente Médio, George Mitchell, realizará os contatos para retomar o processo de paz entre israelenses e palestinos com uma reunião na tarde desta quarta-feira com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Jerusalém.

EFE |

Jerusalém, 5 mai (EFE).- O enviado especial da Casa Branca para o Oriente Médio, George Mitchell, realizará os contatos para retomar o processo de paz entre israelenses e palestinos com uma reunião na tarde desta quarta-feira com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Jerusalém. Segundo confirmaram à agência Efe fontes do Escritório do Primeiro-ministro israelense, "estamos preparados para o imediato reatamento do processo de paz. Na verdade, já o estamos há um ano". O funcionário americano chegará ao escritório de Netanyahu às 17h locais (10h de Brasília), acompanhado pelo embaixador David Hale e pelo responsável para o Oriente Médio e Norte da África do Conselho de Segurança Nacional americano, Dan Shapiro, informou a imprensa local. O chefe do Executivo israelense estará acompanhado durante a reunião por seus assessores para as negociações diplomáticas Yitzjak Moljo e Ron Dermer. Apesar de não haver a expectativa por um anúncio oficial da Autoridade Nacional Palestina (ANP) sobre o reatamento do diálogo indireto com Israel até na sexta-feira pela manhã, o certo é que, nessa mesma tarde, Mitchell deve se reunir novamente com Netanyahu, o titular israelense de Defesa, Ehud Barak, e o líder da oposição, Tzipi Livni, segundo a imprensa. Mitchell, que se encontra na região desde a segunda-feira, dedicou a terça-feira a reuniões com diplomatas americanos no Oriente Médio e com seus assessores para preparar os contatos com as partes. Fontes da ANP destacaram que Mitchell se reunirá na sexta-feira com o presidente da Autoridade, Mahmoud Abbas, na cidade cisjordaniana de Ramala, onde o enviado dos EUA continuará no sábado os contatos com a parte palestina, antes de encerrar sua visita no domingo. O objetivo da viagem do enviado de Washington é resgatar o processo de paz do bloqueio que já dura 16 meses. EFE db/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG