encontro explosivo - Mundo - iG" /

Enviado dos EUA e Karzai tiveram encontro explosivo

O enviado especial dos Estados Unidos ao Afeganistão, Richard Holbrooke, teve um encontro explosivo com o presidente do país, Hamid Karzai, sobre as eleições presidenciais afegãs, segundo informações apuradas pela BBC. Fontes locais afirmam que Holbrooke falou da preocupação sobre as alegações de fraude e compra de votos.

BBC Brasil |


O enviado americano teria sugerido ainda a realização de um segundo turno das eleições, para dar mais credibilidade ao processo eleitoral.

Diversas fontes ouvidas pela BBC confirmaram os detalhes do encontro entre o enviado americano e Karzai, realizado em 21 de agosto, um dia após o pleito.

O encontro foi descrito como "explosivo" e um "dramático rompimento".

As fontes afirmaram que Holbrooke sugeriu o segundo turno mais de uma vez por conta das preocupações sobre a votação.

Karzai teria reagido com irritação e terminou o encontro logo em seguida.

Credibilidade

Apesar das declarações, uma porta-voz da Embaixada dos EUA na capital afegã, Cabul, negou que o presidente Karzai tenha se exaltado durante a reunião.

A porta-voz, no entanto, se recusou a dar detalhes sobre o encontro.

Um porta-voz do palácio presidencial negou o conteúdo das conversas.

Desde o início das eleições presidenciais, diversas dúvidas foram levantadas sobre a credibilidade do pleito e várias alegações de irregularidades foram registradas.

Mas essa seria a primeira vez que uma autoridade ocidental teria expressado a opinião sobre as eleições de maneira tão aberta ao presidente.

As alegações levantarão ainda mais dúvidas sobre a credibilidade de todo o processo eleitoral e pode tornar ainda mais difícil o plano de estabelecer um governo significativo no país.


Leia mais sobre Afeganistão

    Leia tudo sobre: afeganistãoeuaviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG