Enviado dos EUA chega ao Egito para impulsionar processo de paz

Cairo, 10 jun (EFE).- O enviado especial dos Estados Unidos para o Oriente Médio, George Mitchell, chegou hoje ao Cairo para impulsionar o processo de paz palestino-israelense, informou a agência oficial egípcia de notícias Mena.

EFE |

Durante sua estadia na capital egípcia, Mitchell deve se reunir com o ministro de Assuntos Exteriores do Egito, Ahmed Aboul Gheit, e com o chefe dos serviços de inteligência, Omar Suleiman, para analisar a situação na região, após visitar Israel e Cisjordânia.

A agência não mencionou se Mitchell se reunirá em algum momento com o presidente egípcio, Hosni Mubarak, possibilidade que também não foi esclarecida pelo centro de imprensa do Governo egípcio.

O enviado americano foi recebido no Aeroporto Internacional do Cairo pela embaixadora americana Margaret Scobey e por outros funcionários da representação diplomática americana, acrescentou a "Mena".

Mitchell viajou ao Egito procedente de Israel e da Cisjordânia, em uma viagem regional que também o levará à Síria e ao Líbano.

Em Ramala, Mitchell ressaltou hoje que seu país "não dará as costas" à "aspiração palestina" à "dignidade" e a um Estado próprio.

O Egito atua como mediador no conflito entre Israel e os palestinos, e entre as próprias facções palestinas.

O emissário americano chegou ao Egito uma semana depois que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, visitou o país, onde pronunciou um discurso dirigido ao mundo muçulmano e defendeu, entre outros, a criação de um Estado palestino. EFE aj-ssa/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG