Washington, 2 abr (EFE).- O enviado especial dos Estados Unidos para o Oriente Médio, George Mitchell, viajará muito em breve de novo à região, em sua terceira visita desde que assumiu o cargo, em janeiro, e a primeira desde a mudança de Governo em Israel.

Mitchell "está planejando viajar à região" e fará isso "muito em breve", disse hoje o porta-voz do Departamento de Estado americano, Robert Wood, em sua entrevista coletiva diária, apesar de não ter apresentado as datas, porque estão sendo fechadas, explicou.

Esta será a terceira ida à região do enviado especial do presidente Barack Obama para o Oriente Médio, depois da visita que fez no final de janeiro com escalas em Israel, Egito, Cisjordânia, Jordânia e Arábia Saudita, e da viagem de final de fevereiro e início de março, também com várias paradas.

No entanto, será a primeira viagem que fará depois que o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, assumiu o poder sem se comprometer com a visão de dois Estados como solução ao conflito palestino-israelense.

Também será a primeira visita desde que seu ministro de Exteriores, Avigdor Lieberman, rejeitou qualquer vinculação com os compromissos da conferência de Annapolis, nos Estados Unidos, de 2007.

Por enquanto, o presidente e a secretária de Estado, Hillary Clinton, se limitaram a felicitar o novo Governo israelense, apesar de os porta-vozes do Departamento de Estado americano terem reiterado em Washington seu apoio à criação de um Estado palestino.

EFE cae/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.