Enviado dos EUA analisa no Paquistão caso de deslocados por talibãs

Washington, 1 jun (EFE).- O representante Especial dos Estados Unidos para o Afeganistão e o Paquistão, Richard Holbrooke, viajará ao Paquistão entre 3 e 5 de junho para estudar, com as organizações humanitárias, a situação dos deslocados pelo avanço talibã.

EFE |

O Departamento de Estado americano informou que Holbrooke viajará a pedido do presidente americano, Barack Obama, e da secretária de Estado, Hillary Clinton, para avaliar a situação dos deslocados nas operações de segurança realizadas pelas autoridades paquistanesas contra a insurgência.

O emissário americano viajará com um grupo de funcionários do Departamento de Estado, da agência americana de desenvolvimento internacional (Usaid) e do Departamento de Defesa.

O representante americano deve se reunir no Paquistão com grupos de deslocados, organizações internacionais e com autoridades locais e nacionais paquistanesas.

A situação no Paquistão se agravou nas últimas semanas com o avanço da insurgência talibã, que ultrapassou a fronteira afegã e assumiu o controle de alguns territórios, como a província paquistanesa de Swat, no noroeste do país, aonde chegaram no começo de maio.

O avanço dos fundamentalistas em direção à cidade Buner, situada a apenas 100 quilômetros de Islamabad, fez com que o Exército lançasse uma grande ofensiva no norte, centrada no vale de Swat, que precipitou a fuga de 2,5 milhões de civis. EFE elv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG