Enviado da ONU faz visita à Somália para apoiar Governo

Nairóbi, 25 mai (EFE).- O representante especial da ONU para a Somália, Ahmedou Ould-Abdallah, fez hoje uma visita-relâmpago a Mogadíscio para se reunir com o presidente, Sharif Sheik Ahmed, horas depois de este ter pedido ajuda internacional para combater os grupos que querem derrubar o Governo.

EFE |

A emissora de rádio "Shabelle" informou que esta é a primeira visita à Somália de Ould-Abdallah desde que Sheikh Ahmed foi eleito presidente pelo Parlamento somali reunido em Djibuti em 31 de janeiro.

O ministro da Informação somali, Farhan Ali Mohamud, disse à emissora que, após se reunir com Sheikh Ahmed no palácio Presidencial de Mogadíscio, o enviado da ONU voltou imediatamente a Nairóbi, onde fica sua sede.

Mohamud não especificou sobre o que conversaram Sheikh Ahmed e Ould-Abdallah, mas horas antes o presidente somali pediu ajuda à comunidade internacional para combater os combatentes estrangeiros que apoiam os grupos radicais islâmicos que pretendem depor seu Governo.

Em entrevista coletiva no Palácio Presidencial de Mogadíscio, Sheikh Ahmed afirmou: "Quero dizer ao mundo e ao povo somali que há estrangeiros no país que lutaram no Iraque e no Afeganistão e que querem que a Somália seja como esses países".

Por este motivo, pediu à comunidade internacional e aos somalis que ajudem o Governo a lutar contra "esta invasão de estrangeiros", que colaboram com o grupo radical islâmico Al-Shabab, ao qual os Estados Unidos vinculam com a Al Qaeda. EFE pa/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG