Enviado da ONU chega a Pyongyang para discutir programa nuclear

Seul, 9 fev (EFE).- O subsecretário-geral da ONU para Assuntos Políticos, Lynn Pascoe, chegou hoje à capital da Coreia do Norte para conversar sobre o desarmamento nuclear e a ajuda humanitária ao país comunista, informou a rede de TV sul-coreana YTN.

EFE |

Durante a visita, que se estenderá até sexta-feira, Pascoe, emissário especial do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, se reunirá com o ministro de Assuntos Exteriores norte-coreano, Park Ui-chun, e outras autoridades locais, acrescentou a agência sul-coreana "Yonhap".

Antes de viajar para a Coreia do Norte via Pequim, Pascoe esteve em Seul, onde se encontrou com o chanceler sul-coreano, Yu Myung-hwan, e o negociador do país no diálogo multilateral para a desnuclearização norte-coreana, Wi Sung-lac.

Na capital sul-coreana, o funcionário da ONU se mostrou disposto a "abordar todos os temas" nas conversas com o regime comunista norte-coreano, mas se recusou a dizer se é portador de uma carta pessoal de Ban.

Pascoe chegou a Pyongyang horas depois de o diretor do Departamento de Relações Internacionais do Partido Comunista chinês, Wang Jiarui, ter concluído uma viagem de quatro dias à Coreia do Norte.

O político chinês foi recebido ontem pelo chefe de Estado norte-coreano, Kim Jong-il, que reiterou seu compromisso com a desnuclearização do país.

Além disso, o negociador norte-coreano no diálogo nuclear, Kim Kye-gwan, chegou hoje a Pequim no mesmo próprio voo que o de Wang.

Especula-se que o funcionário converse com as autoridades chinesas sobre a retomada das negociações multilaterais, que envolvem ainda Estados Unidos, Japão e Rússia. EFE ce/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG