BUENOS AIRES (Reuters) - Os produtores agropecuários da Argentina anunciaram na quarta-feira a suspensão por 30 dias da paralisação que começou há três semanas e prejudicou o abastecimento de alimentos básicos no país. As entidades rurais, que deram início ao movimento em protesto contra uma alta do imposto sobre as exportações de grãos, afirmaram por meio de um porta-voz que nesse período retomarão o diálogo com o governo para chegar a um acordo.

(Por Karina Grazina)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.