Entidade que representa imigrantes nos EUA lamenta morte de Ted Kennedy

Chicago (Estados Unidos), 26 ago (EFE).- A Aliança Nacional de Comunidades Latino-americanas e Caribenhas dos Estados Unidos lamentou hoje a morte do senador democrata Ted Kennedy, um dos mais árduos defensores de leis migratórias humanas e sensíveis.

EFE |

O diretor-executivo da Aliança, Oscar Chacón, disse em uma declaração divulgada em Chicago (Estados Unidos) que o senador era um "defensor incondicional" dos direitos de todas as pessoas e dedicou sua carreira política à busca da "igualdade e justiça social" nos EUA.

Já a presidente da entidade, Ángela Sambrano, afirmou que, como descendente de uma família de imigrantes irlandeses, Kennedy "nunca esqueceu suas raízes e lutou para que a tocha da Estátua da Liberdade continuasse brilhando para as novas gerações de imigrantes".

"Agradecemos ao senador Kennedy por seu esforço incansável a favor da comunidade imigrante e lamentamos profundamente seu falecimento", diz a declaração.

"O senador Kennedy foi uma inspiração para todos, pela forma firme, consistente e valente como manteve seus princípios. Vamos sentir sua falta", conclui o texto.

Ted Kennedy morreu na última terça-feira aos 77 anos em sua residência de Hyannis Port, no estado americano de Massachusetts, em decorrência de um câncer cerebral. EFE jm/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG