Sana, 12 ago (EFE).- Um grupo da tribo iemenita Laqmush seqüestrou hoje um engenheiro francês de origem argelina que trabalhava no porto de uma cidade da província de Shabwah, no sudeste do país, disseram fontes policiais e tribais.

O francês, cujo nome e idade permanecem desconhecidos, foi seqüestrado hoje à tarde pelos Laqmush, que pretendem trocá-lo por dois de membros da tribo detidos pela Polícia devido a uma disputa de terras. EFE ja/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.