Engenheiro francês e mais 4 seguranças são seqüestrados por tribo no Iêmen

SANA - Um grupo armado da tribo iemenita Laqmush seqüestrou nesta terça-feira um engenheiro francês de origem argelina que trabalhava no porto de uma cidade da província de Shabwah, no sudeste do país, disseram fontes policiais e tribais.

EFE |

Junto com o francês, cujo nome e idade permanecem desconhecidos, foram levados na tarde desta terça-feira os quatro guarda-costas que o protegiam.

A intenção do grupo é trocar o engenheiro por dois de membros de sua tribo detidos pela polícia devido a uma disputa de terras.

Aparentemente, os seqüestradores, que estavam em dois carros, se aproximaram do veículo ocupado pelo engenheiro e os quatro seguranças.

Dando tiros para o ar, o grupo dividiu as vítimas em seus dois carros e as levaram para um lugar desconhecido.

Até o momento, nem a polícia nem as fontes tribais deram mais detalhes do ocorrido.

    Leia tudo sobre: iêmen

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG