Tamanho do texto

WASHINGTON (Reuters) - Autoridades dos Estados Unidos prenderam nesta terça-feira um engenheiro norte-americano acusado de entregar segredos militares a Israel nos anos 1980, envolvendo armas nucleares, jatos de combate e mísseis de defesa aérea, informou o Departamento de Justiça. Ben-Ami Kadish, nascido em Connecticut e que trabalhou em um centro de engenharia do Exército em Nova Jersey, é suspeito de ter se reportado ao mesmo agente do governo israelense ao qual se reportou Jonathan Jay Pollard, que cumpre prisão perpétua por espionagem a Israel.

Documentos da Justiça dizem que a espionagem de Kadish durou aproximadamente entre 1979 e 1985, e seu contato com um agente israelense não identificado continuou até março deste ano.

Kadish foi preso em Nova Jersey e será processado na tarde desta terça-feira no Tribunal Distrital dos Estados Unidos em Manhattan, segundo autoridades.

Não houve comentário imediato do governo israelense, mas uma autoridade da Defesa de Israel disse que: 'acho difícil acreditar que depois do caso Pollard, nós recrutaríamos um espião americano'.

Pollard confessou-se culpado em 1986.

Uma autoridade do Departamento de Justiça disse que Kadish não parecia receber dinheiro em troca de sua suposta espionagem.

(Por Randall Mikkelsen)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.