Um americano com acesso a instalações militares dos Estados Unidos foi detido depois de ter passado informações sobre armas nucleares para Israel, anunciou nesta terça-feira a promotoria de Nova York.

Ben-Ami Kadish, um engenheiro mecânico, tinha acesso a documentação militar, a fotografava e entregava o material a Israel, segundo o promotor do distrito sul, Michael García.

Entre os documentos entregues entre 1979 e 1985 a Israel pelo suposto espião figurava informações vinculadas a armas nucleares e classificada como divulgação restrita. Também passou dados sobre caças F-15 que os Estados Unidos venderam para outro país e sobre o sistema de defesa de mísseis Patriot, também considerados sigilisosos pelo exército dos Estados Unidos.

ltl/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.