Enfrentamento entre talibãs e Exército canadense deixa soldado morto

Toronto (Canadá), 11 ago (EFE).- Um soldado canadense morreu hoje no Afeganistão e outro ficou gravemente ferido durante um confronto com militantes talibãs na província de Kandahar, disse o Ministério da Defesa do Canadá.

EFE |

As autoridades militares canadenses disseram que o soldado Erin Doyle morreu durante um ataque "com granadas autopropulsadas e armas de baixo calibre" contra a base que ele ocupava no distrito de Panjwayi.

No sábado, outro soldado canadense morreu no Afeganistão em um incidente que as autoridades militares estão investigando.

O soldado Josh Roberts morreu durante outro enfrentamento no distrito Zhari, também na província de Kandahar.

A investigação se concentra na possibilidade de que Roberts tenha sido vítima de disparos de mercenários ocidentais contratados para proteger um comboio que passava pelo local no momento do ataque.

Com a morte de Doyle já são 90 os soldados canadenses mortos no Afeganistão desde 2002. Além disso, um diplomata canadense também morreu no país asiático desde a invasão da coalizão liderada pelos Estados Unidos após os ataques de 11 de setembro.

O Canadá conta com cerca de 2.500 soldados no Afeganistão, a maioria deles na conflituosa província de Kandahar. Ottawa se comprometeu a manter tropas em combate no Afeganistão até 2011. EFE jcr/rb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG