Enfraquecido, premiê turco reformula Gabinete

Ancara, 1 mai (EFE).- O primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, reformulou hoje seu Gabinete, poucas semanas após perder força política nas eleições municipais do país.

EFE |

Em declarações a redes de TV locais, o chefe de Governo anunciou que, como já havia antecipado, seu assessor Ahmet Davutoglu substituirá Ali Babacan como ministro de Assuntos Exteriores.

Babacan passará a liderar o Ministério para Coordenação da Economia.

Vecdi Gonul se mantém como ministro da Defesa no novo Executivo, enquanto Bulent Arinc, ex-presidente do Parlamento e líder do governante Partido da Justiça e o Desenvolvimento (AKP), se torna o novo vice-primeiro-ministro turco.

O novo chefe da diplomacia turca, Davutoglu, nasceu em 1959 na província de Konya, na região da Anatólia central, e é analista político conhecido por seus estudos sobre relações internacionais.

Davutoglu esteve envolvido de forma ativa nos assuntos diplomáticos da Turquia nos últimos anos.

Desde que obteve o título de embaixador em janeiro de 2003, foi um dos principais responsáveis pela política externa turca.

Desempenhou papel importante nas negociações para solucionar o conflito entre Israel e palestinos em Gaza no ano passado.

Por outro lado, a nomeação de Babacan como ministro para Coordenação da Economia, com conexão direta entre todos os bancos, o Tesouro e outras instituições financeiras, é interpretada como uma iniciativa para controlar a economia na atual situação de crise.

O AKP perdeu força política nas eleições municipais de março último, pois obteve apenas 38% dos votos, quando nas legislativas de julho de 2008 chegou a registrar 47%. EFE DT/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG