Energia do coração pode alimentar marca-passo

Pesquisadores desenvolveram um minúsculo gerador que aproveita a energia das batidas do coração para fazer funcionar um marca-passo, revela um estudo divulgado nesta segunda-feira.

AFP |

"Isso pode significar uma próxima geração de marca-passos com dispositivos que durem muito mais tempo e que tenham mais funções que ajudem a monitorar o coração", disse Paul Roberts, do Hospital Universitário de Southampton, na Grã-Bretanha.

"É possível que sejam suficientemente eficientes para permitir o abastecimento completo e (por tempo) indefinido de energia aos marca-passos", destacou Roberts, lembrando que a capacidade e as funções dos aparelhos atuais são limitadas pela tecnologia das baterias.

A única maneira de ampliar a potência dos marca-passos atuais é aumentando o tamanho e o peso da bateria, o que torna o sistema mais incômodo e menos aceitável para os pacientes

Roberts e seus colegas desenvolveram um microgerador experimental que captura a energia excedente do coração para prover 17% da energia consumida pelo marca-passo.

O microgerador aproveita a energia da pressão gerada por cada batida do coração e a converte em eletricidade.

O estudo foi apresentado na conferência anual da American Heart Association, em Nova Orleans (Louisiana).

mso/LR/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG