Endeavour encerra 130a missão de um ônibus espacial

Por Irene Klotz CABO CANAVERAL, Estados Unidos (Reuters) - O ônibus espacial Endeavour e seus seis tripulantes concluíram no domingo, com um impecável pouso na Flórida, sua missão de 14 dias para realizar obras na Estação Espacial Internacional.

Reuters |

Após 217 órbitas em torno da Terra e mais de 9 milhões de quilômetros, o comandante George Zamka descreveu um círculo sobre o Centro Espacial Kennedy, para queimar combustível, e às 22h20 (0h20 em Brasília) embicou a nave de cem toneladas na pista, ladeada por canais.

Encerrando a 130a missão de um ônibus espacial, o Endevaour pousou a cinco quilômetros do local do qual fora lançado, no último dia 8.

Por rádio, Zamka disse ao centro de controle, em Houston, que "foi uma grande aventura".

O Endeavour levou à estação o último módulo de conexão, o Tranquility, que servirá como alojamento para os tripulantes fixos do complexo orbital. O ônibus deveria permanecer oito dias atracado à estação, mas ganhou um dia adicional para que a tripulação visitante pudesse concluir o trabalho.

A estação é um projeto de 100 bilhões de dólares e 16 países, que está em construção desde 1998, 350 quilômetros acima da Terra.

O Endeavour levou também um mirante em formato de cúpula, cujas sete janelas permitem pela primeira vez que os tripulantes da estação tenham vista panorâmica da Terra.

Os novos cômodos, acoplados durante três saídas dos astronautas Robert Behnken e Nicholas Patrick ao espaço, são os últimos grandes componentes a serem instalados na estação, antes que a Nasa aposente neste ano a sua frota de ônibus espaciais.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG