Encontros de cinema de Toulouse dão destaque a cinema brasileiro

Paris, 4 mar (EFE).- O cinema brasileiro é um dos principais destaques do festival Encontros dos Cinemas da América Latina de Toulouse, sobretudo nas categorias dedicadas a curtas-metragens e documentários, informaram hoje os organizadores.

EFE |

O Brasil será o encarregado de inaugurar o evento, que acontecerá na cidade do sul da França entre os dias 19 e 28 de março, com a projeção de "Estômago", de Marcos Jorge.

Metade dos curtas-metragens que concorrerão pelo prêmio "Signis" serão brasileiros, assim como entre os documentários.

"Neste ano, de maneira muito particular, notamos que na (categoria) documentário há um nível muito alto de filmes brasileiros", afirmou o responsável pelos Encontros, Erick González.

No total, cerca de 200 filmes poderão ser vistos no evento, que conta com outras duas seções competitivas.

O Brasil contará com a presença do diretor Bruno Vianna, que exibirá duas propostas de videoarte, "Ressaca" e "Invisíveis".

Outro representante brasileiro será o diretor e jornalista Kléber Mendonça Filho, que terá uma mostra especial com seis curtas-metragens exibidos.

Entre as seções paralelas, os organizadores informaram que duas delas são dedicadas ao México, uma ao cinema contemporâneo e outra em homenagem ao centenário da Revolução, e haverá outra que girará em torno dos duzentos anos das Independências dos países da América Latina.

Segundo o presidente da Associação de Encontros de Cinemas da América Latina de Toulouse (ARCALT), Francis Saint-Dizier, o programa do festival incluirá uma "jornada especial de solidariedade ao Haiti", e poderá ter outra relacionada ao Chile, em função dos fortes terremotos ocorridos recentemente nos dois países. EFE.

mas/id

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG