Encontro pede cooperação regional com Afeganistão

Paris, 14 dez (EFE).- Os países vizinhos ao Afeganistão e as grandes potências mundiais sublinharam hoje que não haverá estabilidade, segurança e estabilidade no país sem cooperação regional.

EFE |

Em declaração publicada ao término de uma conferência informal realizada em Paris pelo Governo francês, os ministros dos países participantes "sublinharam o caráter regional do terrorismo e a necessidade de uma ação visível e firme contra os grupos terroristas".

Eles mostraram seu apoio às iniciativas já existentes para reforçar essa cooperação entre Afeganistão e seus vizinhos e pediram que sejam realizadas.

Na mesma linha, destacaram que "não pode haver segurança no longo prazo nem paz na região sem um Afeganistão estável, seguro, próspero e democrático", pelo que se pronunciaram em favor dos "esforços" das autoridades de Cabul para cumprir esses objetivos.

Os 12 participantes deste encontro informal expressaram sua "maior solidariedade com as autoridades indianas" (que estavam representadas, da mesma forma que as paquistanesas) pelos "odiosos atos de terrorismo" cometidos em Mumbai em 26 de novembro e que causaram 188 mortes.

Esta conferência, que se celebrou em um palacete de Saint Cloud, nos arredores de Paris, teve a presença de ministros do Afeganistão e dos países limítrofes (Paquistão, Turcomenistão, Uzbequistão e Tadjiquistão), assim como de Índia, Estados Unidos, Rússia, Alemanha e Reino Unido.

Também estiveram presentes o Alto representante da UE para a Política Externa e de Segurança Comum, Javier Solana, e a comissária européia de Relações Exteriores, Benita Ferrero-Waldner.

Desta conferência, saíram convocações para uma reunião de especialistas sobre cooperação regional para o começo de 2009 e para outro encontro ministerial de acompanhamento da situação, também com caráter informal, também em 2009. EFE ac/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG