Encontro na Arábia Saudita discute crise do petróleo

O principal produtor de petróleo do mundo, a Árabia Saudita, é anfitrião neste domingo de uma reunião internacional para discutir os altos preços dos combustíveis, que vêm provocando preocupações e protestos em todo o mundo.

BBC Brasil |

O governo saudita convidou altos representantes de mais de 30 dos principais países produtores e consumidores de energia do mundo para discutir o que fazer a respeito do problema.

Na última semana, o preço do barril de petróleo no mercado internacional chegou a quase US$ 140 - diante de US$ 10 há cerca de uma década.

Aumento da produção

Os Estados Unidos e outros grandes consumidores pedem aos países produtores que aumentem o suprimento de petróleo para combater o que consideram um problema de oferta como causa do aumento no preço do petróleo.

A Arábia Saudita anunciou um ligeiro aumento na produção na semana passada, mas afirma que especulações de mercado, não a falta de oferta, elevaram os preços.

Vários países vêm enfrentando protestos por conta do aumento nos preços dos combustíveis, que atinge as indústrias e ajuda a elevar os preços dos alimentos.

Os representantes reunidos na cidade de Jidá neste domingo anunciaram a realização de uma nova reunião, programada para outubro, em Londres.

Leia mais sobre petróleo

    Leia tudo sobre: petroleo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG