Encontrados dois corpos em incêndio misterioso de mansão de milionário britânico

A polícia britânica encontrou dois corpos carbonizados na mansão de um milionário, do qual não se tem notícia desde que sua residência pegou fogo misteriosamente, há quatro dias, informaram os agentes neste sábado.

AFP |

Os dois corpos carbonizados foram encontrados na Mansão Osbaston, situada na localidade de Maesbrook, oeste da Inglaterra, na sexta-feira à noite, quase quatro dias depois que um incêndio destruiu a propriedade.

Desde o incêndio na mansão, Christopher Foster, sua mulher, Jill, e a filha, Kirstie, de 15, não são vistos. Os primeiros rumores eram que a família poderia ter fugido do país para escapar de importantes dívidas.

Dezenas de policiais procuravam, hoje, um possível terceiro corpo na casa.

Ainda não foi esclarecido se as duas vítimas morreram pelo fogo, ou por outras causas. A polícia começou a realizar os exames de DNA para identificar os cadáveres.

A família foi vista pela última vez em um churrasco na casa de amigos, na segunda-feira à tarde. Eles teriam voltado para casa na mesma noite.

No sábado, os jornais informaram que Kirstie conversou com amigos na Internet horas depois do incêndio.

Foster fez sua fortuna no setor das plataformas petroleiras, mas um tribunal emitiu um veredicto contra ele, no início do ano, no caso de dívidas a um de seus fornecedores no processo de liquidação de sua empresa, a Ulva LTd.

gj/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG