Encontrada uma vala comum com 25 cadáveres no norte do Iraque

Bagdá, 29 jun (EFE).- Membros de um conselho de salvação, as milícias de voluntários sunitas que lutam contra a Al Qaeda, descobriram uma vala comum com 25 cadáveres na província de Salah ad-Din, no norte do Iraque, informaram hoje fontes policiais.

EFE |

A vala comum foi encontrada perto do lago Zarzar, a 120 quilômetros ao noroeste de Bagdá, próximo à cidade de Samarra, nesta província de maioria sunita.

As vítimas, que ainda não foram identificadas, morreram por disparos na cabeça, e entre elas há seis mulheres, disseram as fontes.

"Muitos dos cadáveres estão reduzidos a simples ossos, outros estão desfigurados e não podem ser reconhecidos, nenhum deles tem documentos de identidade, mas todos vestiam roupa civis", acrescentaram.

A região do lago Zarzar é um reduto da organização terrorista Al Qaeda e foi palco de combates entre as Forças de Segurança iraquianas e a insurgência.

Atualmente, o Exército iraquiano e os "conselhos de salvação" tentam recuperar o controle sobre esta região. EFE am-nq-fc/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG