Enchentes ao sul de Moscou matam ao menos 11 pessoas

Pelo menos três pessoas estão desaparecidas por conta das fortes chuvas

Reuters |

Inundações na região de Krasnodar, no sul da Rússia, mataram 11 pessoas e outras três estão desaparecidas, disse a agência de notícias estatal RIA neste sábado.

Fortes chuvas na região montanhosa levaram ao transbordamento dos rios, inundando 24 aldeias, disse a agência Interfax.

"De acordo com as últimas informações, 11 pessoas morreram e três estão desaparecidas. Suas identidades estão sendo definidas", disse o porta-voz da administração regional de Krasnodar Vladimir Prigoda, citado pela RIA.

A chuva havia diminuído no sábado na região essencialmente agrícola localizada a 1,5 mil quilômetros ao sul de Moscou.

Autoridades locais haviam evacuado 280 pessoas da região, disse o ministério de emergências em seu website.

O presidente Dmitry Medvedev ordenou que o ministério do desenvolvimento regional estime o alcance do desastre e ofereça ajudas às vítimas, disse a porta-voz Natalia Timakova à agência de notícias RIA.

    Leia tudo sobre: MOSCOUENCHENTE

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG