Pelo menos 55 pessoas já morreram e outras dois milhões foram obrigadas a deixar suas casas devido a enchentes no Estado de Bihar, no norte da Índia. O primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, visitou a região e disse que as inundações provocaram uma calamidade nacional.

A inundação foi causada pela mudança do curso do Rio Kosi, que corre do Nepal para Bihar.

Singh anunciou um pacote de ajuda às vítimas no valor de US$ 230 milhões.

Soldados e helicópteros da força aérea foram mobilizados para dar assistência às vítimas, mas muitas delas reclamam de falta de assistência por parte do governo indiano.

Agências humanitárias disseram que muitos afetados pelas inundações estão sendo levados a abrigos temporários e correm o risco de ficar doentes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.