Encerrada a campanha presidencial da esquerda salvadorenha

A esquerda salvadorenha encerrou neste sábado sua campanha às eleições presidenciais de 15 de março, com uma grande concentração em San Salvador onde seu candidato presidencial, Mauricio Funes, pediu o fim de 20 anos de governos de direita.

AFP |

Milhares de salvadorenhos, simpatizantes da antiga Frente Farabundo Martí para a Libertação Nacional (FMLN), se concentraram na alameda central João Paulo II, agitando bandeiras vermelhas com as siglas em branco de seu partido, constatou a AFP.

Funes, um jornalista de 49 anos, faz campanha desde novembro passado, que o levou a visitar os 262 municípios do país para explicar sua visão de governo.

Funes terá como adversário nas eleições o ex-diretor da polícia Rodrigo Avila, candidato da Arena.

ob/jb/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG