Empresa indiana é punida por não pagar salário correto a funcionários

Nova Délhi, 28 jul (EFE).- Uma empresa da região indiana de Jharkhand (este) terá que pagar uma compensação a 24 de seus funcionários por ter dado a eles 1 rúpia (US$ 0,02) a menos durante 30 anos, informou hoje uma fonte oficial.

EFE |

A empresa Heavy Engineering Corporation (HEC) desembolsará 970 mil rúpias (cerca de US$ 22 mil) no total para os funcionários em questão, que estão há décadas brigando nos tribunais, informa a agência indiana "Ians".

Cinco dos funcionários faleceram neste tempo e muitos dos outros já estão aposentados.

A companhia aumentou o salário de cerca de 500 funcionários em 1978 em 8 rúpias (US$ 0,16), porém a chefia só aplicou um aumento de 7 rúpias.

Vinte e quatro dos funcionários entraram na Justiça do Trabalho, que lhes deu ganho de causa em 1997, porém a companhia iniciou um processo de apelação rejeitado em fevereiro deste ano.

Neste momento, a HEC convida o sindicato de trabalhadores a negociar e as duas partes fixaram um pagamento de 970 mil rúpias para os envolvidos, apesar de o valor real ser de 1,1 milhão de rúpias.

"Os valores que cada trabalhador receberá ficará entre 9.191 rúpias e 60.573, considerando também o tempo de trabalho e o cargo ocupado", declarou a "Ians".

A HEC enviará um cheque pelo correio para os funcionários ou para suas famílias, no caso dos que já faleceram. EFE daa/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG