Empresa é condenada nos EUA por vender equipamentos com defeito

Nova York, 15 abr (EFE).- A companhia Quest Diagnostics e uma filial pagarão um total de US$ 302 milhões após chegar a um acordo com as autoridades dos Estados Unidos para resolver acusações relativas à venda de equipamentos de diagnóstico médico, informou hoje a Promotoria Federal em Brooklyn.

EFE |

Como parte do acordo, a subsidiária Nichols Institute Diagnostics se declarou culpada nesta quarta-feira perante um tribunal federal de Brooklyn de um crime relativo à etiquetagem enganosa de produtos.

A empresa fabricou, promoveu e vendeu a laboratórios americanos, entre 2000 e 2006, vários modelos de equipamentos para o diagnóstico de problemas de saúde que supostamente ofereciam resultados imprecisos e nada confiáveis.

A Quest pagará US$ 262 milhões e juros para resolver as acusações feitas pelo Departamento de Justiça americano, e a filial pagará uma multa de US$ 40 milhões, explicou a Promotoria em comunicado de imprensa. EFE vm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG