Empresa do Irã enviará aviões não tripulados de brinquedo para Obama

Companhia diz que 'presente' é resposta ao pedido do presidente americano por devolução de aeronave dos EUA

iG São Paulo |

Uma empresa iraniana vai enviar 12 aviões não tripulados de brinquedo para o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, informou a rádio estatal na terça-feira. As miniaturas serão cópias da aeronave americana que teria sido capturada pelas Forças Armadas do Irã em dezembro.

Leia também: Irã descarta devolver avião não tripulado americano

De acordo com a empresa sem fins lucrativos Aaye Art Group, que faz itens decorativos, o envio do brinquedo é uma resposta ao pedido formal de devolução da aeronave , feito por Obama no mês passado.

AP
Foto divulgada pelo Irã mostra suposto avião não-tripulado americano
A miniatura será oitenta vezes menor que o RQ-170 original e terá cópias vendidas no Irã por cerca de US$ 4 (cerca de R$ 7). A empresa afirmou à rede CNN que está tentando descobrir qual a cor preferida de Obama antes de produzir e enviar os presentes.

De acordo com o Irã, o avião, um dos mais sofisticados dos EUA, penetrou o espaço aéreo iraniano vindo do Afeganistão e suas unidades o fizeram aterrissar sem maiores danos a 250 km da fronteira, na região desértica de Tabas (nordeste).

Teerã citou a obtenção do aparelho como uma vitória e o expôs quase intacto na TV estatal. Autoridades americanas afirmaram que a aeronave teve um problema no funcionamento, negando a informação do Irã de que suas unidades de guerra eletrônica capturaram o controle do RQ-170 Sentinel.

O governo do país persa descartou devolver a aeronave, dizendo que ela passou a ser sua "propriedade'.  “O avião invadiu o Irã e nossas forças responderam. Agora ele é propriedade do Irã e nós vamos decidir o que fazer com ele”, afirmou o ministro da Defesa do Irã, Ahmad Vahidi, cobrando desculpas dos EUA. “Em vez de oferecerem um pedido de desculpas à nação, eles agem de forma imprudente e pedem a devolução da aeronave.”

Com AP

    Leia tudo sobre: irãeuaavião não tripuladoobama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG