Empresa de trem testa técnica para bloquear celulares

Uma companhia de trens britânica está testando uma nova tecnologia para impedir que passageiros utilizem telefones celulares em vagões silenciosos - ou seja, reservados para viajantes em busca de um pouco de tranqüilidade. Uma substância que reflete a luz do sol é aplicada sobre os vidros das janelas do trem, permitindo a entrada da luz, mas bloqueando os sinais de celulares, rádios e conexões de internet sem fio.

BBC Brasil |

Segundo a empresa C2C, que faz as rotas entre o condado de Essex, ao leste de Londres, e a capital britânica, o sistema é uma reação a comentários dos próprios passageiros.

Diversas companhias de trem britânicas oferecem a opção de vagões silenciosos aos passageiros. Neles, não é permitido o uso de tocadores de música portáteis, celulares e rádios.

Garantir que a norma seja respeitada, no entanto, é mais complicado. Para muitos britânicos, falar e rir alto em lugares públicos são considerados uma intrusão no espaço dos outros e falta de educação.

Vandalismo
"A idéia resulta de pedidos dos passageiros", disse a empresa em uma declaração à BBC Brasil. "Tivemos um retorno positivo de consumidores e grupos de usuários quando introduzimos a quiet zone (zona silenciosa), mas eles queriam que adotássemos medidas para policiar."
"Nós já usamos uma tecnologia contra vândalos, e o fabricante recomendou esse outro produto como uma solução", acrescenta a empresa.

O produto contra vandalismo é, na verdade, um material adesivo transparente que é aplicado sobre as janelas. Ele preenche ranhuras, devolve a transparência ao vidro arranhado e facilita a limpeza de pichações.

Até o momento, a camada refletora do sol foi aplicada nas janelas de um vagão e está em fase de testes.

"Se os testes com a substância forem bem-sucedidos, vamos aplicá-la em um vagão de cada trem", conclui a C2C.

A companhia afirma, no entanto, que o passageiro que quiser usar o telefone terá a opção de se dirigir a qualquer outro vagão.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG