Empresa de Dubai quer globalizar chocolate de leite de camelo

Por Tamara Walid DUBAI (Reuters) - A Al Nassma, de Dubai, produz o primeiro chocolate do mundo feito com leite de camelo. Seu gerente geral anunciou na terça-feira que a empresa pretende levar o chocolate a novos mercados árabes, à Europa, Japão e EUA.

Reuters |

Martin Van Almsick disse que a empresa dos Emirados Árabes Unidos pretende ingressar primeiro na Arábia Saudita, indo a seguir para o Barein, Catar, Kuweit e Estados Unidos, dentro dos próximos meses.

A Al Nassma também está em negociações com a loja de departamentos britânica Harrods e com a Chocolate Covered, de San Francisco, para que vendam seus produtos.

A empresa foi criada em outubro do ano passado, em parceria com a fabricante de chocolate austríaca Manner. O produto final é produzido em sua fábrica em Dubai.

Com 3.000 camelos em sua fazenda em Dubai, a Al Nassma vende chocolate em sua loja própria na fazenda, em hotéis de luxo e companhias aéreas privadas. A intenção é lançar um sistema de vendas online dentro de um mês. A fazenda é controlada pelo governo de Dubai.

O leite de camelo contém cinco vezes mais vitamina C que o leite de vaca, além de ter menos gordura, menos lactose e mais insulina, fazendo dele uma opção recomendada para diabéticos e pessoas que têm intolerância à lactose, disse Van Almsick.

A Al Nassma vai abrir sua segunda loja nos EAU em um dos maiores shoppings de Dubai e está em negociações com outros shoppings, disse ele.

"Nossa meta é sermos a Godiva do Oriente Médio", disse Van Almsick em entrevista. "Nosso chocolate é um produto de luxo, de modo que nunca será encontrado em supermercados. Nosso plano é estar presente em um shopping em cada cidade dos EAU."

Todos os chocolates da Al Nassma são livres de conservantes e aditivos químicos e são feitos com condimentos locais, nozes e mel, segundo a empresa.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG