A empresa britânica de construção civil George Wimpey proibiu os seus pedreiros de assobiar para as mulheres que passam pelos canteiros de obras. De acordo com a empresa, a tradicional cantada dos pedreiros que assobiam para mulheres que passam pelas obras pode afastar um tipo sofisticado de compradoras de imóveis que se sentem incomodadas com a atitude.

Inicialmente, a proibição será direcionada apenas aos pedreiros que trabalham em obras na região próxima de Bristol, no oeste da Inglaterra, mas a medida poderá ser ampliada para todas as obras da empresa no país.

Para garantir que os pedreiros cumpram com a proibição, um diretor da empresa foi enviado a todas as obras da região para verificar o comportamento dos empregados.

"Fora de moda"

De acordo com o diretor de vendas da George Wimpey, Richard Goad, o assobio está fora de moda.

"No século 21, o assobio não cabe mais", disse Goad. "As mulheres não iriam aturar receber um assobio e não esperam ouvir nada parecido quando estão em um local comercial."

O diretor da construtora afirma ainda que os pedreiros concordaram com a proibição.

"Na opinião deles, o fim dos assobios encoraja mais mulheres a visitar as obras e, para eles, isso só pode ser uma coisa boa", afirmou.

Em 2007, a empresa já havia determinado uma proibição similar aos pedreiros que trabalhavam em obras na região sul do País de Gales.

Leia mais sobre Inglaterra

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.