Empresa anuncia tratamento promissor contra câncer de pele

Um tratamento experimental desenvolvido pela empresa americana Genentech e baseado em modificações genéticas de uma substância vegetal permitiu reduzir claramente tumores cancerosos avançados de pele, revela um estudo clínico divulgado nesta quarta-feira.

AFP |

O medicamento, chamado de GDC-0449 e administrado por via oral, bloqueia a proteína chamada "hedgehog", que tem um papel importante no crescimento das células cancerosas, destaca o estudo divulgado no site do New England Journal of Medicine.

Este tratamento, elaborado pela Genentech, filial do grupo farmacêutico suíço Roche, é resultado de modificações genéticas da ciclopamina, uma substância extraída do heléboro (Veratrum californicum).

Um estudo clínico financiado pela Genentech mostrou uma redução do tumor ou uma melhora dos sintomas em 18 dos 33 pacientes com câncer de pele tratatos, e outros 11 registraram estabilização de seu estado durante períodos prolongados. Apenas quatro pacientes sofreram agravamento do tumor.

O tratamento também foi eficaz em um paciente que sofria do tipo mais comum do câncer de cérebro, o meduloblastoma, cujo tumor diminuiu de forma importante.

O tratamento não apresentou efeitos colaterais sérios, destacaram os pesquisadores, que qualificaram os resultados de "importantes", já que não existe qualquer terapia eficaz contra o câncer de pele mais frequente, o epitelioma basocelular, que tem um milhão de novos casos diagnosticados a cada ano nos Estados Unidos.

js/LR/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG