Empregado de Zelaya guarda faixa presidencial para retorno do líder

Tegucigalpa, 18 jul (EFE).- O presidente deposto de Honduras Manuel Zelaya pode ter certeza de que, embora os militares o tenham tirado do poder em 28 de junho, sua faixa presidencial é bem guardada por outro Manuel, desta vez Manuel Hernández, empregado do líder.

EFE |

"O presidente não deve se preocupar com sua faixa, porque eu estou cuidando dela, a tenho bem guardada", disse Hernández em entrevista à Agência Efe em Catacamas, cidade natal de Zelaya.

Ele contou que trabalha há 34 anos para o agora governante deposto, a quem qualificou de "um bom patrão, bom chefe e boa gente".

"Comecei a trabalhar muito jovem para o presidente, eu era solteiro, agora já tenho filhos profissionais que criamos com minha mulher, com o trabalho na casa do presidente", acrescentou.

Hernández disse que trabalhou com a família Zelaya na exploração madeireira, na pecuária e abrindo caminhos e estradas.

O presidente deposto provém de uma família que durante muitos anos se dedicou à exploração de recursos florestais no departamento de Olancho, leste do país.

Sobre as versões de uma suposta ocupação da casa de Zelaya em Catacamas, Olancho, cerca de 220 quilômetros a leste de Tegucigalpa, Hernández disse que "isso não ocorreu, mas há muita presença militar nos arredores".

"A casa não foi ocupada, mas esta semana veio bastante gente que apoia o presidente", disse o empregado, que acredita que Zelaya "voltará em breve e o povo o receberá com uma grande festa".

Ele afirma que cerca de 30 militares permanecem nos arredores da casa do presidente deposto.

"O presidente voltará, porque o mundo o apoia e o povo gosta dele", afirmou Hernández, de 54 anos, que espera Zelaya para "qualquer momento".

"Aqui tenho a faixa presidencial que representa o poder", disse.

EFE gr/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG