Emissora islandesa nega ser origem de falso alerta sobre vulcão

Redação Central, 20 abr (EFE).- A emissora televisiva islandesa RÚV negou hoje ter sido a origem da falsa notícia transmitida ontem sobre a erupção do vulcão Hekla, na Islândia.

EFE |

Em comunicado enviado à Agência Efe, a "RÚV" esclarece que, "em nenhum momento mostrou imagens do vulcão Hekla, nem divulgou notícia alguma que tivesse começado outra erupção na Islândia".

A emissora acrescenta que o erro surgiu "em alguns meios de comunicação estrangeiros que tentavam explicar as imagens do Hekla transmitidas de uma câmera que a empresa de telecomunicações Mila tem instalada na região".

A Efe havia informado ontem que um falso alarme de erupção do vulcão Hekla tinha origem em um erro de imagens da "RÚV".

O Hekla, situado no sul da Islândia a alguns quilômetros do Eyjafjalla, que se encontra agora em erupção, é o vulcão mais famoso e temido da Islândia por sua atividade. EFE chg/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG