Emissários de Obama se reunirão com representantes de 15 países

Washington, 14 nov (EFE) - Os enviados do presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, à Cúpula de Chefes de Estado e de Governo do Grupo dos Vinte (G20, que reúne os países mais ricos e os principais emergentes) se encontrarão com os representantes de 15 nações. Há alguns dias, Obama anunciou que não iria à cúpula, para não ofuscar o presidente George W. Bush, mas disse que enviaria dois representantes, a democrata Madeleine Albright, que foi secretária de Estado durante a Administração de Bill Clinton, e o ex-legislador republicano Jim Leach.

EFE |

Os dois enviados aproveitarão a presença em Washington dos líderes do G20 para estabelecer os primeiros contatos entre o futuro Governo americano e as autoridades de algumas das economias desenvolvidas e emergentes mais importantes do mundo.

Após os encontros, não oficiais, os dois enviados se reunirão com Obama para relatar o conteúdo das conversas.

Na agenda de Madeleine Albright e Jim Leach aparecem os encontros com os presidentes de México e Argentina, Felipe Calderón e Cristina Fernandez de Kirchner, respectivamente.

Além disso, hoje tinham previsto se encontrar com o primeiro-ministro do Canadá, Stephen Harper; o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, o presidente da Coréia do Sul, Lee Myung-Bak, e a chanceler alemã, Angela Merkel.

Eles também se reunirão com o primeiro-ministro turco, Tayyip Erdogan; com a ministra de Finanças francesa, Christine Lagarde, e com delegações dos Governos de China, Itália, Reino Unido, Japão, Turquia, e a Comissão Européia (CE, braço Executivo da União Européia). EFE pgp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG