Tamanho do texto

O governo dos Emirados Árabes Unidos afirmou neste domingo ter perdoado toda a dívida do Iraque, que monta quase US$ 7 bilhões, valor que inclui juros e multas. O anúncio foi feito na chegada do primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, ao país, para uma visita oficial de dois dias.

Outro indicador de que as relações entre os dois países estão melhorando foi a nomeação de um novo embaixador dos Emirados em Bagdá, retomando os laços diplomáticos.

No mês passado, uma visita do ministro das Relações Exteriores dos Emirados Árabes ao Iraque ficou marcada como a primeira aproximação de um país árabe desde a invasão liderada pelos Estados Unidos em 2003.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.