Emirados Árabes declaram luto por causa de morte de um de seus emires

Abu Dhabi, 2 jan (EFE).- O Governo dos Emirados Árabes Unidos (EAU) declarou hoje sete dias de luto pela morte do xeque Rashid bin Ahmed al-Mualla, emir de Umm al Quwain, um dos sete emirados que compõem este país do Golfo Pérsico.

EFE |

Um comunicado oficial divulgado pelo presidente dos EAU, xeque Khalifa bin Zayed, anunciou que o emir morreu hoje em Londres aos 78 anos.

O luto inclui manter a bandeira dos Emirados Árabes a meio mastro e o fechamento, por três dias, de todas as instituições oficiais.

O xeque Rashid era o governante do emirado de Umm al Quwain desde 1980. EFE nq/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG