Emir do Kuwait aceita renúncia do governo

O emir do Kuwait, xeque Saba al-Ahmad al-Saba, aceitou oficialmente neste domingo a renúncia de seu governo provocada por um conflito com o Parlamento.

AFP |

Um decreto promulgado pelo emir pede ao premier demissionário, xeque Naser Mohamad al-Ahmad al-Saba, e seus 15 ministros que administrem os assuntos urgentes até a formação de um novo governo.

O presidente do Parlamento, Khasem al-Jorafi, havia afirmado no início do mês que o emir aceitara a renúncia do governo e que solicitaria ao xeque Naser, seu sobrinho, que formasse um novo gabinete.

O xeque Naser, premier do Kuwait desde fevereiro de 2006, terá que formar seu quinto gabinete.

Naser apresentou a renúncia de seu governo em 25 de novembro, depois de uma disputa com três deputados islamitas sunitas que queriam interrogá-lo no Parlamento sobre a visita de um religioso xiita iraniano, que supostamente não teve a entrada autorizada no Kuwait.

oh/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG