Embraer vai abrir duas fábricas em Portugal

O construtor aeronáutico brasileiro Embraer vai construir duas fábricas em Evora, sul de Portugal, anunciou o grupo neste sábado em Lisboa, na presença do presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, e do primeiro-ministro português, José Sócrates.

AFP |

"Este projeto industrial é um passo a mais na internacionalização do grupo", declarou Frederico Fleury Curado, presidente do grupo por ocasião de uma cerimônia na presença de Sócrates e Lula.

As duas fábricas de produção de estruturas metálicas e componentes devem começar a funcionar a partir do fim do próximo ano. Estes projetos, que representam um investimento inicial de 148 milhões de euros, devem gerar 500 empregos diretos, segundo estimativas do governo português.

"Portugal, que acolherá assim as primeiras fábricas da Embraer na Europa, é uma excelente porta de entrada para o mercado europeu", destacou Lula, que participou sexta-feira da Cúpula dos países de língua portuguesa (CPLP).

"Este investimento é de grande importância para a indústria e a economia portuguesa", afirmou por sua vez Sócrates, pedindo ao presidente brasileiro que adiasse sua volta ao Brasil para acompanhá-lo na apresentação pública deste investimento.

"Isto nos permite dar um passo importante no plano tecnológico", disse. "Até agora só fazemos manutenção de aviões. Há muito tempo Portugal desejava receber um pólo tecnológico aeronáutico", continuou.

lf/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG