Emboscada do ELN deixa 4 militares mortos na Colômbia

Bogotá, 16 mai (EFE).- Quatro militares morreram e duas menores ficaram feridas hoje ao cair em um campo minado que rebeldes do Exército de Libertação Nacional (ELN) instalaram em uma aldeia do município colombiano de El Tarra (nordeste), fronteiriço com a Venezuela, informaram fontes oficiais.

EFE |

O comandante da Brigada 30 do Exército, o coronel Roberto Angulo, afirmou que as duas menores feridas são uma adolescente e sua filha, que acompanhavam os militares nessa região de Catatumbo.

Os corpos dos soldados mortos foram levados a hospitais das vizinhas localidades de Ocaña e Cúcuta.

No lugar onde ocorreram os fatos, perto da fronteira com a Venezuela, operam rebeldes do ELN, das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e quadrilhas de paramilitares dedicadas ao tráfico de drogas. EFE fer/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG