Embarcação indiana frustra ataque pirata nas águas do Golfo de Áden

Nova Délhi, 11 nov (EFE).- Um navio de guerra indiano frustrou hoje uma tentativa de abordagem pirata a um navio mercante nas águas do Golfo de Áden, entre o Iêmen e a Somália, informou a Marinha indiana.

EFE |

Às 10h30 (3h de Brasília), o navio MV Jag Arnav enviou um pedido de socorro denunciando uma tentativa de seqüestro a cerca de 60 milhas náuticas ao leste da cidade de Áden, afirmou a Marinha, em comunicado divulgado pela agência indiana "Ians".

A mensagem de alarme foi recebida por uma embarcação de guerra da Marinha indiana que patrulhava a zona e que decidiu enviar uma missão de resgate, composta por um helicóptero e vários comandos da força.

Após chegar ao local, o helicóptero atirou contra os piratas e os obrigou a fugir, segundo a Marinha, enquanto o navio da força escoltou a embarcação mercante até um lugar seguro.

Situado em frente ao litoral da Somália, o Golfo de Áden é cenário constante de ataques piratas, que este ano afetaram mais de 80 embarcações.

Na segunda-feira, uma embarcação comercial de bandeira filipina com 23 tripulantes a bordo foi seqüestrado por piratas da Somália nas águas do Golfo de Áden, segundo informações de hoje da Agência Marítima Internacional.

Em junho, o Conselho de Segurança das Nações Unidas adotou uma resolução que autoriza navios de guerra estrangeiros a perseguir os piratas, com a devida aprovação anterior das autoridades da Somália.

EFE daa/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG