Madri, 6 mai (EFE).- A embarcação espanhola Marqués de la Ensenada, integrado na operação Atalanta da União Europeia (UE) contra a pirataria em frente ao litoral da Somália, resgatou hoje um grupo de supostos piratas que caíram na água após tentar abordar um navio de bandeira panamenha.

Fontes do Ministério da Defesa espanhol informaram à Agência Efe que os fatos ocorreram na manhã de hoje quando a embarcação de apoio logístico espanhol recebeu uma chamada de socorro do navio "Nepheli", de bandeira panamenha, que comunicou que estava sendo atacado por piratas.

A embarcação espanhola, que se encontrava a cerca de 15 milhas do navio atacado, foi ao local do incidente, no Golfo de Áden, e encontrou com um grupo de pessoas, supostos piratas, na água, após a embarcação destes virar.

As fontes do ministério acrescentaram que estão à espera de esclarecer os fatos. EFE aam/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.