Embarcação espanhola resgata grupo de supostos piratas

Madri, 6 mai (EFE).- A embarcação espanhola Marqués de la Ensenada, integrado na operação Atalanta da União Europeia (UE) contra a pirataria em frente ao litoral da Somália, resgatou hoje um grupo de supostos piratas que caíram na água após tentar abordar um navio de bandeira panamenha.

EFE |

Fontes do Ministério da Defesa espanhol informaram à Agência Efe que os fatos ocorreram na manhã de hoje quando a embarcação de apoio logístico espanhol recebeu uma chamada de socorro do navio "Nepheli", de bandeira panamenha, que comunicou que estava sendo atacado por piratas.

A embarcação espanhola, que se encontrava a cerca de 15 milhas do navio atacado, foi ao local do incidente, no Golfo de Áden, e encontrou com um grupo de pessoas, supostos piratas, na água, após a embarcação destes virar.

As fontes do ministério acrescentaram que estão à espera de esclarecer os fatos. EFE aam/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG